Dúvidas

Veja as respostas para as perguntas mais comuns. Para outros esclarecimentos, entre em contato.

Como é feita a contratação?

Você pode contratar nossos serviços no dia da internação da gestante, com no mínimo uma hora de antecedência do parto. Ao chegar à maternidade, dirija-se ao posto de atendimento da PubliVídeo e entre em contato com os nossos colaboradores. Para sua comodidade, faça a contratação antecipada nas maternidades Albert Einstein e São Luiz -- onde colocamos à disposição uma equipe para atendê-lo 24 horas.


Quais são as cenas e o tempo de filmagem?

Dependendo da maternidade, é possível filmar o parto, o banho, o quarto e a saída do bebê da maternidade. O tempo de gravação poderá variar de acordo com as cenas escolhidas ou o pacote contratado. O vídeo possui também um clip de abertura padrão da PubliVídeo e trilha sonora.

A filmagem tem como finalidade mostrar imagens com características de vídeo familiar, sendo assim, está sujeita a enquadramentos permitidos pela equipe médica, evitando-se assim qualquer desconforto para a mãe. Damos ênfase à emoção; à expectativa dos pais; à retirada do bebê; aos cuidados iniciais e ao primeiro contato dos pais com o bebê.


Quais são as formas de pagamento?

O pagamento deverá ser efetuado no momento da contratação, podendo ser parcelado através de cartão de crédito ou cheque. O contrato assinado representa a maior garantia do recebimento de nosso produto.


Qual é o prazo de entrega?

O prazo de entrega do material poderá variar de acordo com o pacote contratado, sendo contado a partir da data de alta do bebê.

O prazo de entrega das fotos poderá variar de acordo com o pacote contratado e o tempo de escolha e aprovação das fotos pelo cliente. Cumprindo-se os prazos de cada etapa, o recebimento poderá ser efetivado no prazo de 30 dias.


Por quanto tempo o material original é preservado?

Os materiais originais de foto e vídeo serão preservados por 90 dias, após a efetiva entrega dos mesmos, documentados e celebrados contratualmente contra defeitos. Após esta data, os mesmos serão destruídos para salvaguardar o direito de imagem.